Notícias

Exposições: "Gustavo Nóbrega e Alessandra Duarte"

 

 


 



Zipper Galeria inaugura duas mostras: Gustavo Nóbrega e Alessandra Duarte.
Gustavo Nóbrega, em sua primeira exposição individual, exibe 29 trabalhos inéditos em suportes diversos e técnicas diferenciadas como pinturas em acrílica, recortes em papel e instalação, propondo questões entre temas díspares como fé, arte e ciência.
Em ‘Já Vou’, também a primeira individual, Alessandra Duarte, com curadoria de Mario Gioia no espaço ZIp Up, mostra 7 obras entre pinturas e desenhos, onde a fusão do azul e do verde resulta em “operações de cor que se tornam um dos principais atrativos de grande parte dos trabalhos”, como define o curador. Abertura dia 30 de Abril.


Exposição Gustavo Nóbrega
Texto Crítico Emanoel Araujo
Curadoria Fabio Cimino
No. de Obras 29
Técnicas pintura acrílica s/ madeira, recortes em papel, instalação

Zip Up Alessandra Duarte – “Já Vou”
Curadoria Mario Gioia
No. de Obras 7
Técnicas pinturas óleo s/ tela

Abertura 30 de Abril – sábado – das 12 às 18h
Período de 2 a 21 de Maio de 2011
Local ZIPPER Galeria – www.zippergaleria.com.br
Endereço Rua Estados Unidos, 1494 – Jardins – Tel.: 11-4306.4306
Horários de 2ª a 6ª feira, das 10 às 19h//Sábado, das 11 às 17h.



Zipper Galeria abre duas mostras individuais: Gustavo Nóbrega e Alessandra Duarte com “Já Vou”.

Gustavo Nóbrega, em sua primeira individual, apresenta obras inéditas, em técnicas diversas como pinturas em acrílica sobre madeira, instalação e uma série de recortes em papel. Em seus trabalhos o artista exibe um entrelaçamento entre imagens religiosas e os elementos gráficos das embalagens de medicamentos, propondo uma reflexão entre fé e ciência ou fé e indústria farmacêutica. Outro ponto abordado é a religiosidade do povo brasileiro, visto que “em meio à realidade de uma sociedade enferma, na maioria das vezes, nos tornamos reféns desta indústria”, define o artista.
Em suas pinturas, Gustavo Nóbrega nos confronta com as tradições religiosas latino-americanas e nossa crença contemporânea na ciência. O mesmo efeito é sugerido com a instalação Comprimidos onde, aproximadamente, 70.000 santinhos de metal em miniatura, acondicionados em caixas de madeira de grandes dimensões simulando embalagens de medicamento, compõem a obra. Na série de recortes em papel, bulas de remédio têm seu texto impresso e seu formato alterados pelos recortes de temas religiosos.
Emanoel Araujo define que “a arte de Gustavo Nóbrega remonta às origens mágicas da arte, às tradições religiosas latino-americanas e à nossa crença contemporânea na ciência”.

O Artista
Gustavo Nóbrega é bacharel em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado, 2010, ano em que sua obra passa a integrar o acervo permanente da Pinacoteca do Estado de São Paulo. Em 2009, integra o Prêmio Energias na Arte, no Instituto Tomie Ohtake, SP. Em 2008, exibe seus trabalhos na exposição Casa Vazia e na 40a Anual de Arte da FAAP.

ZIP UP
Alessandra Duarte, com a exposição de pinturas e desenhos “Já Vou”, sua primeira individual em galeria, exibe 7 trabalhos, com temas que transitam pelo par cromático azul/verde e por elementos representativos da dicotomia fluido/rígido, água/solo. A artista retrata paisagens, em tonalidades fortes, onde a natureza surge como elemento principal, inluindo por vezes a forma humana. Ambientes harmônicos como o oceano, podem vir a sugerir instabilidade quando a presença humana tenta dominá-lo.
Em pinturas em óleo s/ tela e desenhos, Alessandra Duarte por vezes “funde o azul e o verde, resultando em operações de cor que tornam-se um dos principais atrativos de telas” define Mario Gioia, curador da mostra.
Em outros trabalhos, a natureza passa a dialogar com o concreto das edificações. Os prédios parecem ganhar mais força e os planos arquitetônicos se fundem de forma complexa frente ao avançar da natureza.
Inquietude, mistério e poesia – elementos presentes nas obras da artista que, como uma assinatura, definem seu estilo.

A Artista
Alessandra Duarte é graduada em Artes Plásticas e Historia da Arte pela Bard College, Nova York, em 2007. Em 2008 participa de mostras coletivas na A.I.R Gallery e Soho20 Gallery, em Chelsea, NY. Retorna ao Brasil em 2009 e é selecionada para mostra coletiva do Programa de Exposições 2011 do Museu de Arte de Ribeirão Preto (MARP) na exposição itinerante, “Até Meio Quilo”, com seu trabalho exibido na Pinacoteca de Santos, Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC), Museu de Arte Contemporânea de Jataí (MAC), e o Museu Eugênio Teixeira Leal (Salvador, BA), entre outros.

 






BANNER

BANNER

BANNER

BANNER

Leilões

Aguardando nova data...


Desenvolvido por Absoluta Internet - Tel. (21) 2513-3735 - leonardo@investarte.com