Notícias

Exposição - "Relíquia: Transcendência do Corpo"



S. Afonso Maria de Ligorio (1696-1787); S. Clemente Maria Hofbauer (1751-1820);
S. João Nepomuceno Neumann (1811-1860); S. Geraldo Majella (1726-1755);
B. Pedro Donders (1809-1887); B. Gaspar Stangassinger (1871-1899)
Material: Metal prateado; resina e vidro Origem: Roma, Itália
Dimensões: 113 x 62 x 19 mm (crucifixo) / 52 x 32 mm (cruz)
Data: 30 de setembro de 1991








O Museu de Arte Sacra de São PauloMAS/SP, instituição da Secretaria da Cultura do Estado, exibe "Relíquia: Transcendência do Corpo", com curadoria de Ario Borges Nunes Junior e Beatriz Vicente de Azevedo. A exposição é composta por cerca de 300 peças e retrata os 21 séculos da era cristã, a partir de um fragmento da cruz em que Jesus foi crucificado, passando por todas as fases da História, até a relíquia de S. João Paulo II, falecido em 2005.

O substantivo "relíquia" provém do latim reliquiae, palavra que designa resto, aquilo que sobrou. Desde a antiguidade cristã, as relíquias dos mártires - restos mortais de santos reconhecidos oficialmente pela Igreja, além de objetos que pertenceram a eles ou estiveram em contato com seus corpos – eram consideradas pelos fiéis como mais valiosas que as pedras preciosas e mais estimadas que o ouro. Para Ario Borges Nunes Junior, o interesse pelas relíquias foi decorrente de um ímpeto adolescente e do intenso estudo sobre a vida dos santos, personagens que desde sempre chamaram sua atenção. A origem de seu acervo remonta o ano de 1976, quando começou a fazer contato com as congregações religiosas, guardiãs da memória material dos seus membros mais ilustres não só no Brasil, mas também em outros países. Em suas palavras: "Somente após minha formação como psicanalista, me fez constatar que aquele interesse adolescente genuíno sobre os santos poderia se transformar em uma transbordante fonte de reflexão sobre a natureza humana".

Esta nova exposição do Museu de Arte Sacra de São Paulo apresenta a História do mundo ocidental por meio desses objetos, elementos materiais que testemunham, ainda que minimamente, uma conjunção de histórias. A curadora Beatriz Vicente de Azevedo comenta: "A exposição 'Relíquia, Transcendência do Corpo' é motivo de orgulho para a cidade de São Paulo. É inacreditável e admirável que seja possível encontrar na nossa cidade um acervo tão rico e tão completo de relíquias que vão desde os primórdios do Cristianismo até os dias atuais. Visitar a exposição é a oportunidade de fazer um verdadeiro mergulho na História do mundo ocidental, tendo como base a Igreja Católica".



"Relíquia: Transcendência do Corpo"
Curadoria: Ario Borges Nunes Junior e Beatriz Vicente de Azevedo
Abertura: 07 de outubro de 2017, sábado, às 11h
Período: 08 de outubro a 08 de janeiro de 2018
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo - Avenida Tiradentes, 676 - Luz - São Paulo (ao lado da estação Tiradentes do Metrô)
Horário: Terça-feira a domingo, das 9 às 17h (bilheteria das 9 às 16h30)
Informações: (11) 3326-5393 – agendamento / educativo para visitas monitoradas
Ingresso: R$ 6,00 (estudantes e idosos pagam meia); grátis aos sábados
www.museuartesacra.org.br





BANNER

BANNER



BANNER

BANNER

Leilões

Aguardando nova data...


Desenvolvido por Absoluta Internet - Tel. (21) 2513-3735 - leonardo@investarte.com